Artigos

18/07/2019 08:49

Contratação de seguro para usuários de patinetes e bicicletas.

Devido ao alto preço do combustível e o trânsito das grandes capitais do país, as pessoas estão abrindo mão de seus carros e optando por novos meios de locomoção. A quantidade de bicicletas e patinetes só crescem no país, tendo em vista a praticidade e baixo custo que garantem ao cidadão maior facilidade ao percorrer pequenas distâncias.
Os benefícios não se restringem apenas aos usuários, mas à todos. Até mesmo para as pessoas que por um motivo ou outro não podem aderir a esse novo estilo de vida, o uso de bicicletas e patinetes tendem a diminuir o tráfego exagerado de carros e ônibus nas grandes cidades. Os patinetes elétricos e bicicletas compartilhadas chegaram no Brasil e conquistaram muitas pessoas do dia para a noite.
Presentes nos grandes centros urbanos desde 2018, os novos modais utilizados para curtas distâncias chamam a atenção da economia e do Estado que precisa regulamentar seu uso. O mercado de aluguel de patinetes e bicicletas no Brasil entra no cenário de discussão sobre mobilidade urbana.
Novas regras são criadas e com elas surgem inúmeras discussões sobre os seguros de proteção aos usuários desses novos meios de transporte. Ainda sem uma regulamentação municipal destinada a esse público, o uso desses veículos é disciplinado por resolução do Conselho Nacional de trânsito (CONTRAN) que determina velocidade máxima de 20 km/h em ciclovias e ciclofaixas e até 6 km/h em locais onde transitam pedestres.
Mesmo assim, as Prefeituras dos grandes centros urbanos estão se dedicando para a criação de regras mais rígidas para proteção desses usuários e consequente redução de acidentes.

Além desse público, um novo mercado vem surgindo, e já conta com cerca de 4 milhões de pessoas que utilizam plataformas como Uber, iFood e Rappi para garantirem seu sustento.
Trabalhadores que não contam com nenhum amparo legal podem contratar seguro de proteção pessoal para casos de acidentes. As seguradoras querem ampliar esse serviço para os usuários que alugam esses meios de transporte apenas para sua locomoção.
A Generali Brasil Seguros é pioneira no Brasil e lançou recentemente seguro para bicicletas e patinetes elétricos e manuais. As modalidades de cobertura são: roubo, furto qualificado, transporte, perda total e acidentes pessoais.
O produto foi lançado inicialmente na Itália e chega ao Brasil em momento oportuno.
Saber se isso dará garantias aos consumidores que contratarem esse serviço é uma questão que gera muitas dúvidas.

Compartilhe:


VOLTAR

Compartilhe no WhatsApp

NEWSLETTER